Make your own free website on Tripod.com

aaa.jpg

Bem Vindo
Palmarés Desportivo
Dados pessoais
1.ª Fase da Pré Época
Como Planear o Treino
Início de Época
O Treino
O Treinador
Planeamento
Metodologia do jogo
O Novo Futsal
O futuro do Futsal
Sistemas Defensivos
Mandamentos do Treinador
Imprensa Desportiva
Os meus links
Historia do Futsal em Portugal
As Minhas Fotos

O Novo Futsal

Futsal na Bahia tem 50 anos de existência, e não há qualquer coleta de dados técnicos que permita uma teorização minimamente documentada.

O novo futsal é a evolução do futsal tático e não  o futsal Improvisação o futsal novo terá fatalmente de abandonar as formas empíricas e enveredar tentativa pela solução cientifica de determinados aspectos que lhe são inerentes o futsal.

O futsal no passado era totalmente amador e o que caracterizava e definindo um determinado tipo de atleta. Porém hoje, os proventos matérias que começaram a ser atribuído, como premio dos êxitos alcançados e a própria evolução da sociedade fizeram surgir o atleta moderno, semi-profissional, com características especificas que o distinguem do outro.

Este tipo de atleta e as próprias estruturas em que faz parte vieram, de certo modo, desequilibrar o universo desportivo existente, originando uma nova ordem das coisas.

Estes novos ventos abalaram as fundações. Temos de reconhecer, aceita e passar a controlar o semi-profissionalismo que se instalou no futsal, com novas motivações e atitudes  mentais e reais que foram geradas por este novo modelo.

Já que não podemos varrer a poeira para debaixo do tapete há de analisar corajosamente as implicações inerentes a esta nova fase do futsal. Só desse modo poderemos compreender o atleta que, não sendo amador nem profissional, e por força das condições sócio-econômicas a que esta submetida, acabar por organizar um esquema de vida em que se alimenta com o salário que receber e paga as despesas de casa com os subsídios que aufere do futsal ou vice-versa.

E só assim poderemos também entender o estado de permanente tensão que existe entre uns e outros atletas, entre os treinadores, os dirigente, numa cisão absoluta que nada beneficia o futsal.

noticia_top_story_boomerang.jpg

Na nossa interpretação, o futsal não é de coaduna com a falta de união, de civismo e de serenidade. Para nos, o futsal tem que ter mais força, com apoio e como um devido planejamento que as pessoais se entreguem com uma regularidade, necessária para aperfeiçoar ao Maximo a capacidade administrativa. Com isso vamos ter uma organização cada vez melhor no futsal.

 Para que o atleta posar se dedicar e tendo como única limitação ás respectivas regras do jogo e o espírito de “fair play” que deve ter toda a sua atenção para este objetivo.

O ganhar ou perder será então, uma medida do seu progresso, que deve e tem de ser aceito por todos, jogadores, técnico, dirigentes, e espectadores, os acontecimentos verificados no campo esportivo e daí retirar as lições que, no seu conjunto, elevaram a futsal até seu ponto mais alto.

O futsal atual tem que encarar com espírito cientifico de todos os aspectos que correlacionar entre si, que irão contribuir para maximização de rentabilidade da pratica do futsal, temos de pôr ao seu serviço, pessoas honestas, com toda a experiência e conhecimento administrativo e técnico adquiridos, como todos os avanços da medicina desportiva, da preparação física, da nova forma de técnica-tática e as atuais, das melhorias tecnológicas introduzidas nos vários centros desportivos.
O futsal  com espírito cientifico é o conjunto de medidas administrativas que permitem que o treinamento total se desenvolva sem solução de continuidade, nem quebra de ritmo e com planejamento.

O planejamento é um processo evolutivo, que se desenvolve numa seqüência dinâmica e progressiva, é importante  estudar e analisar cada uma das etapas do planejamento, na sua ordem lógica para podermos entender a sua estrutura e organização funcional Os técnicos são de um grande entreve que afetam hoje o futsal dificultando o seu desenvolvimento e precisamente a questão que paradoxalmente, abundam de quantidade sem qualidade, mas na verdade não existem.

São poucos os profissionais que realmente estudam as jogadas e procuram ver os jogos depois em gravação de fitas ou scaut, que é um documento exponencial nas consulta do estudo do futsal .

dsc01103.jpg

Sumário

Capítulo 1- MOVIMENTAÇÕES DEFENSIVAS

Movimentos Defensivos Individuais
Aspectos Importantes nos Movimentos Defensivos
Individuais
Movimentos Defensivos Coletivos
Marcação de Quadra
Marcação por Zona ou Setor
Marcação Individual
Marcação Mista
Situações de Defesa
Marcação Passiva
Marcação Ativa
Situação no Ataque
Áreas de Marcação
Sistemas de Defesa
Marcação
Sistemas de Marcação com Diagonal ou Gangorra
(sistema 3X1)
Sistema de Marcação Pára-Brisa (2X1X1)
Sistema de Marcação com o Meio Aberto (sistema 4X4)
Sistema de Marcação Com Troca (sistema 2X1X1)
Marcação de Bola Parada
Marcação de Faltas (Formação de barreira)
Ao formar a barreira deve-se considerar
Marcação de Arremesso Lateral
Marcação de Arremesso de Canto
Marcação de Canto Individual
Marcação de Canto Mista
Marcação de Início ou Reinício de Jogo (Saída do Centro)
Marcação de Contra-Ataque
Marcação de 4X3 - Situação de Expulsão
Marcação X Goleiro de Linha- Sistema com o
Goleiro Linha

Capítulo 2- MOVIMENTAÇÕES OFENSIVAS
Movimentos Ofensivos Básicos
Paralela
Diagonal
Ginga
Vai e Volta
Sistemas de Jogo
Sistema 2 X 2
Sistema 2 X 1 X 1
Sistema 3 X 1
Sistema 1 X 2 X 2
Sistema 1 X 3
Sistema 4 X 0
Padrões de Jogo ou Rodízios
Objetivos
Padrões Básicos
Padrão de Três- 3
Padrão de 3 por trás
Padrão de 3 pela frente
Padrão de Quatro- 4
Padrão de 4 pelo meio
Padrão de 4 pelas alas
Padrão Circular ou Redondo
Padrão de Troca de Ala com o Pivô
Padrão 1 X 2 X 2 com Goleiro
Movimentações Ensaiadas- Jogadas ou Manobras Ensaiadas
Objetivos
Desenvolvimento
Treinamento
Sugestões para aplicação de uma Movimentação Ensaiada
Situações em que ocorre uma Movimentação Ensaiada
Critérios para "elaborar" uma Movimentação Ensaiada
em função da quadra de jogo
Em quadras pequenas
Em quadras grandes
Tipos de Movimentações Ensaiadas
Movimentações Ensaiadas de Quadra
Movimentações Ofensivas de Quadra- Saída de Marcação
Pressão
Movimentações Ofensivas de Quadra- Marcação Meio
de Quadra
Movimentações Ensaiadas com o Goleiro
Movimentações Ensaiadas de Bola Parada
Movimentação Ensaiada de Início ou Reinício de Jogo
Movimentação Ensaiada de Falta (com formação da barreira)
Princípios básicos para cobrança de faltas
Movimentação Ensaiada de Lateral
Lateral de Defesa
Lateral de Ataque
Movimentação Ensaiada de Reversão
Contra-Ataque


PROFª SERGIO OITAVEN

cima.jpg